Siga-nos nas redes
PUBLICIDADE

Notícias
Bovespa avança nesta quinta e chega a superar os 95 mil pontos

No dia anterior, o índice subiu 0,36%, aos 94.393 pontos. No mês, acumula alta de 7,4%.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Compartilhe:


PUBLICIDADE

O Ibovespa, principal indicador da bolsa brasileira, a B3, sobe nesta quinta-feira (17) e opera próximo do patamar dos 95 mil pontos, apesar do viés mais negativo no exterior e com agentes financeiros aguardando o andamento da agenda de reformas pelo novo governo.

Às 15h42, o Ibovespa subia 0,62%, a 94.976 pontos. Na máxima do dia até o momento, foi a 95.093 pontos, marcando novo patamar recorde intradia. Veja mais cotações.

De acordo com o estrategista-chefe da Levante, Rafael Bevilacqua, apesar da alta da bolsa, ainda não há grandes novidades locais para impulsionar o mercado, principalmente em relação à reforma da Previdência, destaca a Reuters.

"Como a proposta só deverá ser apresentada no fim do mês, seguimos com ares mornos e no aguardo da definição", avaliou à agência.

No exterior, as bolsas norte-americanas operavam de forma instável, após resultado fraco do Morgan Stanley e preocupações renovadas sobre as discussões comercias entre Estados Unidos e China.

Destaques

  • A Forjas Taurus tinha alta de quase 10%, depois de recuar fortemente por dois pregões seguidos.
  • Petrobras subia quase 1%, após anunciar a retomada da venda da participação na Transportadora Associada de Gás (TAG).
  • Vale subia quase 3%, na contramão do fraco desempenho das ações de mineradoras no exterior.
  • Via Varejo caía mais de 2%, em sessão de ajuste após fechar em alta nos cinco pregões anteriores, acumulando no período elevação de quase 26%.
  • BRF subia mais de 5%, recuperando-se após fechar em queda nos últimos cinco pregões, período em que acumulou declínio de 5,65%.

Pregão anterior

No dia anterior, o índice subiu 0,36%, aos 94.393 pontos. No primeiro mês do ano, acumula alta de 7,4%.

As expectativas em relação à recuperação econômica fez com que, em 2019, o índice tenha batido sete vezes nova máxima de fechamento, segundo a Reuters.






Veja mais notícias



« Volte para a página inicial


Copyright © 2018 – Todos direitos reservados
Desenvolvimento Solearts
+34 3312-4567
contato@revistacelebridade.com.br